Clareza: algo que nunca pode faltar para o verdadeiro líder

O maior presente que um líder poder oferecer à sua equipe ou organização é clareza. Existem dois níveis de clareza – a clareza tática e a clareza estratégica. A primeira inclui clareza de metas, objetivos e planos de ação, enquanto a segunda inclui clareza de visão, valores, propósito e alinhamento estratégico. Esses dois níveis precisam estar alinhados para que as pessoas saibam, a cada momento, qual é o foco de seus esforços.

Quando isso ocorre verificamos um aumento de confiança em todos os níveis da organização, que podem ser traduzidos em maior resiliência e criatividade. Para muitos especialistas, a clareza talvez seja a elemento mais importante no sucesso da liderança de grandes organizações, em virtude da necessidade de alinhar e criar coesão entre funcionários com diferentes níveis culturais, profissionais e educacionais.

O nível de clareza de um líder pode ser avaliado pela maneira como ele percebe, pensa e age com base na realidade. Um líder que desenvolveu esta qualidade sabe diferenciar entre o que é essencial e o que é periférico nos dados e informações que chegam a ele. Nas suas interações com as pessoas ele é capaz de “separar o joio do trigo”, a percepção subjetiva (pessoal) da percepção objetiva (sistêmica). Isso permite saber com precisão onde, quando e como agir de forma congruente e confiável.

Líderes que não desenvolveram estes dois níveis de clareza deixam as pessoas confusas, ansiosas e sem direção. Neste caso elas irão preencher a falta de clareza com seus próprios objetivos e intenções, os quais raramente estão alinhados com os objetivos da organização. Falta de clareza cria, de forma inevitável, falta de alinhamento e este, por sua vez, cria baixos níveis de desempenho e resultados.

Três dimensões são necessárias para desenvolver a clareza:[1]

Percepção

Perceber a realidade – as coisas como elas são – de forma clara é uma precondição para alcançar a clareza. Ser capaz de expandir de forma contínua o nível de percepção é uma das marcas de um grande líder. Num mundo cada vez mais interconectado e global, esta qualidade está se tornando imprescindível.

Pensamento

Nosso pensamento também precisa se expandir para acompanhar o novo nível de percepção e clareza. Ele precisa ser capaz de lidar com os níveis cada vez mais altos de escopo e profundidade necessários para estabelecer uma direção estratégica e tomar decisões num ambiente cada vez mais complexo e interconectado.

Ação

É na qualidade das ações e decisões, e no impacto que causa, que podemos avaliar de forma objetiva o nível de clareza de um líder. Quando um líder desenvolve estas qualidades sua equipe ou organização confia em suas intenções e avaliações, e em sua capacidade de definir uma direção ou visão de futuro que gera motivação e coesão.

Aumentar nossa percepção ou consciência da realidade ou “ver o que os outros não veem”, expandir nosso modelo mental para acomodar esta nova percepção ou “pensar grande”, e agir de acordo com essa clareza criando alinhamento entre pensamento e ação – estas são capacidade humanas inatas que não podem mais deixar de serem cultivadas e desenvolvidas.

Em nosso programa de Autoliderança[2] o líder é convidado a “mergulhar” em si mesmo e revisitar os padrões reativos que ainda o impedem de ter clareza sobre a sua liderança, além de ganhar uma compreensão mais nítida sobre seus valores, motivações e propósito em ser líder. Este programa está baseado em seis etapas:

  • Minha Jornada de Autoliderança
    • Explora o passado e o presente – onde o líder esteve e onde está agora;
  • Meu Potencial
    • Explora as possibilidades de futuro – quem o líder pode se tornar e para onde ele quer ir;
  • Meus Desafios
    • Explora a realidade do momento atual e os desafios que ele precisa vencer;
  • Meu Domínio Pessoal
    • Explora como o líder gerencia sua realidade diária e atinge os resultados que ele precisa alcançar para chegar aonde ele quer chegar;
  • Minha Evolução
    • Explora o progresso evolutivo do líder – a mensuração de seus últimos feedbacks e desempenho e seus comprometimentos para continuar a crescer e aprender;
  • Meu Auto-coaching
    • Apoia o progresso evolutivo do líder através da identificação do tipo de coaching que ele necessita.

 

 

[1] http://innatestrategies.com

[2] Autoliderança

Veja também